Imposição do Pálio será um dos momentos mais marcantes do ministério episcopal de Dom João


O Arcebispo Metropolitano de Aracaju, Dom João José Costa, viverá nesta sexta-feira, 15, um dos momentos mais significativos do seu episcopado. Durante solene celebração eucarística, às 19h, na Catedral de Nossa Senhora da Conceição, ele vai usar, pela primeira vez, o Pálio Arquiepiscopal, que recebeu, no dia 29 de junho, das mãos do Papa Francisco, em Roma. A imposição desse símbolo litúrgico do arcebispado será feita pelo Núncio Apostólico no Brasil, Dom Giovanni d’Aniello. Além de Dom João outros quatro novos arcebispos brasileiros foram contemplados com o Pálio, este ano. A insígnia foi entregue pelo Pontífice aos arcebispos nomeados entre julho de 2016 até 14 de junho de 2017. Ao todo, são 36 metropolitas de vários países. O Pálio Arquiepiscopal e seu sentido O Pálio, do latim “pallium”, manto, é uma espécie de colarinho de lã branca, com cerca de 5cm de largura e dois apêndices – um na frente e outro nas costas. Possui seis cruzes bordadas em lã preta – quatro no colarinho e uma em cada um dos apêndices. É confeccionado pelas monjas beneditinas do Mosteiro de Santa Cecília, em Roma, utilizando a lã de duas ovelhas que são oferecidas ao Papa no dia 21 de janeiro de cada ano na Solenidade de Santa Inês (Padroeira da Pureza). Nos primeiros séculos do Cristianismo, a peça era de uso exclusivo dos Papas, e passou a ser usada pelos Arcebispos Metropolitas a partir do século VI. Após a sua confecção, o Pálio é depositado junto ao túmulo de São Pedro até a Solenidade de São Pedro e Paulo, quando, então, é entregue pelo Papa aos Arcebispos. Os pálios, insígnias litúrgicas de ‘honra e jurisdição’, são envergados pelos arcebispos metropolitas nas suas igrejas e nas da sua província eclesiástica. O arcebispo metropolita preside a uma província eclesiástica, constituída por diversas dioceses. O pálio é símbolo do serviço e da promoção da comunhão na própria Província Eclesiástica e na sua comunhão com a Sé Apostólica. O significado da forma de entrega mudança é o de colocar em maior evidência a relação dos Arcebispos Metropolitas com a sua Igreja local e assim dar também a possibilidade a mais fieis de estarem presentes neste rito tão significativo para a Igreja. Outro ponto importante é propiciar a participação dos bispos da província eclesiástica. Dom Lessa O antecessor de Dom João Costa, Dom José Palmeira Lessa recebeu a importante comenda em 29 de junho de 1999, no Vaticano, durante a missa celebrada e presidida pelo Santo Padre João Paulo II.

#DomJoão #PalioEpiscopal #Imposição #Aracaju #NúncioApostolico

Arquidiocese 

aracaju

de

Cúria Metropolitana da Arquidiocese de Aracaju

Praça Olímpio Campos, 228, Centro, Aracaju/SE - CEP: 49010-040

E-mail: comunicacao@arquidiocesedearacaju.org / Telefone: (79) 3216-3000