Agricultura familiar e arte foram as marcas I Feira da Solidariedade da Cáritas


Com o objetivo de propiciar aos artesãos e produtores da agricultura familiar um espaço para expor e vender seus produtos, norteados pela economia solidária, a Cártitas promoveu a I Feira da Solidariedade, realizada nesta terça, 14 de novembro, na praça ao lado do Palácio Museu, no centro de Aracaju. A feira teve a participação, além da Caritas Arquidiocesana de Aracaju, da Caritas das Dioceses de Propriá e Estância.

O evento, segundo um dos organizadores, Paulo Evangelista, deu certo. “Por ser o primeiro evento desse porte, a Feira foi realizada com sucesso e teve a presença de muitas pessoas que, ao passar no local, observavam e compravam os produtos”, afirmou.

A Feira ocorreu durante todo o dia e, na parte da tarde, teve a presença do Arcebispo Dom João Costa, além de membros de diversas pastorais sociais, como também a presença do Padre Isaias Nascimento, da Diocese de Propriá e do Padre Francisco Nunes, da Arquidiocese de Aracaju, que estará assumindo, segundo Dom João, a Assessoria Eclesiástica das Pastorais Sociais.

“Essa é a primeira Feria de tantas outras que irão acontecer. Pois já existem outras pelo país e esperamos que esta dê sinal todos os anos possa se repetir está feira de grande importância que procura incluir e valorizar o trabalho e a cultura de tanta gentes”, exaltou o Arcebispo de Aracaju, Dom João Costa.

Os participantes, os que montaram barracas, demonstravam satisfação pelo resultado da feira. “Graças a Deus pude vender quase todos os meus produtos. Seria bom que houvesse outras feiras e com mais dias”, conclamou o produtor e vendedor de mel, José Augusto, do Assentamento Vaza Barris, em Pinhão, interior de Sergipe.

Além da exposição dos produtos, ocorreram várias apresentações culturais, de dança, teatro, capoeira e músicas regionais, com apresentações de grupos ligados aos trabalhos da Cáritas. As pessoas se aglomeraram para assistir às apresentações.

Enrica Minnini, Coordenadora da Càritas Arquidiocesana, lembrou que o evento foi parte do Projeto de Economia Solidária da Caritas e que foi pensado para esta data por está em decorrência da Semana Nacional da Solidariedade (12 a 19 de novembro), que termina no domingo com o dia Mundial dos Pobres instituído pelo Papa Francisco.


Arquidiocese 

aracaju

de

Cúria Metropolitana da Arquidiocese de Aracaju

Praça Olímpio Campos, 228, Centro, Aracaju/SE - CEP: 49010-040

E-mail: comunicacao@arquidiocesedearacaju.org / Telefone: (79) 3216-3000