Últimas homenagens ao Monsenhor José Alves de Castro, falecido hoje aos 105 anos


Uma missa de corpo presente, presidida pelo Arcebispo Emérito, Dom José Palmeira Lessa, na paróquia Nossa Senhora do Rosário (Aracaju), foi uma das últimas homenagens prestadas pela Arquidiocese de Aracaju ao Monsenhor José Alves de Castro, que faleceu nesta segunda-feira, aos 105 anos de idade. Um expressivo número de fieis, familiares e sacerdotes participou da celebração.

O padre Zezinho, como se tornou conhecido, alcançou 81 anos de vida prebisteral no dia 17 de maio deste ano. Era o sacerdote mais idoso da Arquidiocese. Outro registro de grande valor histórico em sua biografia: ele foi um dos 57 presbíteros ordenados dom José Thomaz, primeiro bispo diocesano.

Os sólidos vínculos do Monsenhor José Alves de Castro com a paróquia Nossa Senhora do Rosário começaram a ser construídos em 1988, quando foi nomeado pároco. Mesmo sendo sucedido, vários anos depois, pelo padre José Farias, ele ali permaneceu residindo, acolhido com grande carinho pela comunidade paroquial.

Logo após a celebração litúrgica, o corpo foi levado para a cidade de Estância, onde ocorreu o sepultamento.

Desde ontem, o Arcebispo Metropolitano, Dom João José Costa, está em Brasília, participando de compromissos na Cáritas Brasileira, razão pela qual não pôde celebrar a missa de corpo presente. "Estamos em oração pela Páscoa do Monsenhor José Alves de Castro, enviando nossas condolências aos seus familiares e a toda comunidade em que atuou como servo fiel por quase duas décadas", disse Dom João.


Arquidiocese 

aracaju

de

Cúria Metropolitana da Arquidiocese de Aracaju

Praça Olímpio Campos, 228, Centro, Aracaju/SE - CEP: 49010-040

E-mail: comunicacao@arquidiocesedearacaju.org / Telefone: (79) 3216-3000