Empossado por Dom João, padre Júnior assume paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Riachuelo


O primeiro dia de 2018 também foi marcado pela chegada do novo pároco da paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Riachuelo. uma das mais antigas comunidades paroquiais da Arquidiocese de Aracaju. O padre Unaldo Alves da Silva Júnior foi empossado pelo Arcebispo Metropolitano, Dom João José Costa, em solene liturgia concelebrada por vários sacerdotes e diáconos. Ele está substituindo ao padre Manoel Fernando de Jesus, que assumirá a paróquia São Cristóvão, na cidade de Nossa Senhora das Dores, ainda este mês.

É a terceira paróquia colocada sob os cuidados pastorais do padre Júnior, que no dia 13 de dezembro de 2017 celebrou 10 anos de vida presbiteral. Antes de chegar a Riachuelo, vinha exercendo seu ministério, desde maio de 2014, como pároco, na paróquia Nossa Senhora da Soledade, em Aracaju. Sua primeira experiência como administrador paroquial foi vivenciada na paróquia Nossa Senhora Rosa Mística, no Conjunto Jardim, município de Nossa Senhora do Socorro.

Na homilia, o Arcebispo destacou o grande significado da posse e a preciosa missão do novo pároco de Riachuelo. “Em profunda cooperação com o bispo, o pastor na Igreja tem que reproduzir em seu ministério as características do pastoreio de Cristo, dar a vida por suas ovelhas, amá-las, acima de tudo, e doar sua vida por elas", assinalou Dom João, acrescentando: “Tendo Jesus, o Bom Pastor, como modelo, o sacerdote se expõe pelas ovelhas, não parando diante dos sofrimentos e das tribulações, mas dando a vida pelo rebanho”.

Expressivo número de fieis participou da Santa Missa, a exemplo da prefeita da cidade de Riachuelo, Cândida Leite, e o vice-prefeito, Daniel Rezende.

Histórico da Paróquia

1º Pároco: Padre Jesuíno Teles Nogueira Cravo tomou posse em 19 de janeiro de 1873.

Suas terras, em finais de 1590, eram ocupadas pela família dos Pintos.

O centro das atenções era o engenho do português Mesquita Pinto. E é assim que a localidade começa a ser conhecida.

Em 06 de maio de 1872, o povoado Pintos, que atraía centenas de pessoas para a cultura da cana, é transformada em Freguesia de Nossa Senhora da Conceição, pelo 17º Arcebispo de Salvador, Dom Manoel Joaquim da Silveira (1861-1874). Os proprietários do engenho dos Pintos já tinham construído uma capela e, como a concluíram em dezembro, a ela foi dado o nome de Nossa Senhora da Conceição.

Em 31 de março de 1874, com apenas dois anos de vida, a freguesia é transformada em Vila de Riachuelo.

Existem duas versões para o nome “Riachuelo”. Uma é que as terras que formavam o povoado estavam entre os três rios: Sergipe, Cotinguiba e Jacarecica que formavam um elo, daí Riachuelo.

A outra versão foi uma homenagem a uma das batalhas mais decisivas na guerra do Paraguai (1865-1870), vencida pelo Almirante Barroso, a batalha naval de Riachuelo. Hoje, na sede do município, existe uma importante praça denominada Almirante Barroso.

Fonte: Livro “Província Eclesiástica de Aracaju – Evangelizando para a vida”, da Irmã Maria Eleonôra de Jesus Morais (Irmã Morais)

Fotos fornecidas por paroquianos

#PadreUnaldoJúnior #Riachuelo

Arquidiocese 

aracaju

de

Cúria Metropolitana da Arquidiocese de Aracaju

Praça Olímpio Campos, 228, Centro, Aracaju/SE - CEP: 49010-040

E-mail: comunicacao@arquidiocesedearacaju.org / Telefone: (79) 3216-3000