Ministro da Cultura visita Catedral e assegura liberação de recursos para restauração


Em nome do Arcebispo Dom João José Costa, o Padre José Lima Santana, que é o Coordenador Administrativo da Arquidiocese, e o Padre Antônio Peixoto, Pároco da Catedral, receberam o Ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, para uma visita às obras de restauração da Catedral de Aracaju, na manhã desta segunda, 8 de janeiro. O Ministro foi conduzido até a Catedral pelo Deputado Federal e Líder do Governo Federal, André Moura, que estava acompanhando do Senador Eduardo Amorim e do Prefeito Edvaldo Nogueira.

A visita foi importante para a garantia da liberação dos recursos das emendas de membros da bancada federal sergipana para a continuidade da restauração da Catedral, o que foi assegurado pelo Ministro, que gostou bastante desse importante monumento físico da fé católica e marco da cultura sergipana.

O padre Peixoto solicitou do Assessor de Comunicação da Arquidiocese, Edmilson Brito, para explanar sobre a situação do andamento das emendas. “Duas etapas vinculadas às emendas dos deputados federais estão em andamento, o que precisou de duas licitações, sendo a oba tocada por duas empresas que foram as vencedoras dos dois certames. A primeira etapa trata-se da finalização do telhado, que já foi recolocado, do revestimento e pinturas das fachadas, instalação elétrica e SPDA, no valor de R$ 1.251.500,00. A segunda etapa trata-se da substituição do piso, serviço de contenção de umidade (interno e externo), restauração das esquadrias de madeiras e metálicas, reforma de banheiros, grampeamentos das fissuras, recuperação da estrutura das torres e pináculos e outros elementos. Esta última etapa, no valor de R$ 1.695.416,00, estava faltando apenas uma emenda a ser liberado para destravar o valor”, relatou o Assessor. Todos ouviram do Ministro a garantia da liberação total do valor.

Uma terceira etapa está em andamento para o fechamento do convênio para a liberação dos recursos na ordem de R$ 500.000,00, que será para recuperar a parte de pinturas que esta mais danificada na nave interna da Catedral. O Ministro garantiu que vai procurar dar andamento ao processo para liberar os recursos de forma célere.

O Ministro destacou: “A Catedral Metropolitana de Aracaju é uma construção muito importante que integra o patrimônio histórico e artístico da cidade de Aracaju e do Estado e estamos todos envolvidos e compromissados com esse esforço pela recuperação da Catedral, de sua parte física e dos seus elementos artísticos que são de grande qualidade e de grande relevância”, assegurou o Ministro Sérgio Sá.

O Deputado André Moura reafirmou que estará disposto a manter contato permanente com o Ministério para ajudar na agilidade da liberação dos recursos. “Estamos mostrando nossa responsabilidade para com esse relevante patrimônio histórico da nossa cultura, como também da nossa fé católica. O muito que já foi feito ainda é pouco pelo que a Catedral representa para nós e para as futuras gerações. Trazendo o Ministro, ele vendo de perto, estamos reforçando a importância desse patrimônio. Já no retorno à Brasília vamos tratar desse assunto”, garantiu o Deputado André.

Para o Senador Eduardo Amorim, um dos primeiros parlamentares a buscar os mecanismos para a concretização da viabilidade dos repasses das emendas para essa causa, a vinda do Ministro abre espaço para facilitar as liberação desses recursos. “Vendo a Catedral, o Ministro vai se situar e com a sua sensibilidade vai entender o que está sendo feito, o que abrirá caminhos para a conclusão dos trabalhos de restauração desse nosso grande patrimônio”, destacou o Senador.

Padre Peixoto e o Padre José Lima, agradeceram ao Ministro pela visita e pela disponibilidade e sensibilidade em contribuir com essa importante obra da cultura sergipana e para os católicos. “Em nome do Arcebispo, que está em viagem, agradecemos ao Senhor Ministro pela atenção que nos deu em nos visitar e pelo comprometimento com este trabalho de restauração da nossa Catedral. Também agradecemos pelo empenho do Deputado Federal André Moura que trouxe o Ministro para ver a nossa magnifica Catedral. Ao Senador Eduardo Amorim, que é sempre tão solicito aos nossos apelos sobre a nossa Igreja mãe, também ficamos gratos. É a única igreja cistina sergipana e a única que é toda pintada a mão”, exaltou o Padre Peixoto.

Participaram ainda do encontro, o Engenheiro dos Projetos da Catedral, Mário Mateus, representantes do IPHAN-Sergipe e da SEINFRA do Governo de Sergipe, que contribuíram para demonstrar que os trabalhos estão em pleno andamento. Os recursos, que é de emendas parlamentares, vêm através Ministério da Cultura, são fiscalizados pelo IPHAN e executados pelo Governo de Sergipe, através da SEINFRA e acompanhado pela Secretaria de Estado da Cultura, já que a Catedral tem tombamento Estadual.

Parlamentares que já destinaram emendas para a Catedral nas três etapas: Senador Eduardo Amorim, Senador Antônio Carlos Valadares, Senadora Maria do Carmo, Deputado Valadares Filho e Deputado Laercio Oliveira. Para a quarta etapa, está sendo aguardado que mais parlamentares destinem recursos. A assessoria da Arquidiocese não quer adiantar nomes para não cometer injustiças, pois ainda está checando se todos os parlamentares da esfera federal fizeram as indicações.