Homenagens pelos 50 anos de ordenação sacerdotal de Dom Lessa


O Arcebispo Emérito de Aracaju, dom José Palmeira Lessa, teve seu momento de júbilo, comemorando a data marcante de seus 50 aos de exercício sacerdotal, realizado no dia de ontem, 3 de julho, culminando este momento festivo com o ápice da celebração da missa em ação de graças, às 19 horas, realizada na Paróquia Nossa Senhora de Lourdes, no Bairro Siqueira Campos, na capital sergipana.

Uma missa memorável, com as presenças de praticamente todos os sacerdotes da Arquidiocese de Aracaju, padres de outras dioceses, inclusive do Rio de Janeiro, onde ele foi ordenado e sagrado Bispo, seus familiares, fiéis e amigos de várias localidades por onde passou, além da presença marcante de mais de dez bispos.

Como anfitrião das festividades, dom João José Costa, Arcebispo de Aracaju, acolheu os convidados e ressaltou sobre dom Lessa, lembrando a passagem bíblica em que Jesus faz o chamado aos pescadores que se tornaram apóstolos:

“O Senhor, Dom Lessa, foi chamado e o seu sim foi prontamente proferido ao ouvir a voz de Deus chamando sem sessar. O senhor largou as redes e deixou para trás o seu próprio barco, para ingressar na barca de Cristo que é a sua Igreja, a qual o senhor serviu e serve com dedicada paciência e amor. Por isso, elevamos as nossas preces ao Senhor da messe agradecidos pela sua vida, pelo seu trabalho frutuoso e pela sua entrega total ao evangelho”, exclamou Dom João.

A homilia da missa foi proferida pelo padre Enrico Pepe, que conheceu dom Lessa quando ainda era seminarista e é seu colega de caminhada no Movimento Focolares. Padre Pepe relatou sobre o início da vocação de dom Lessa ainda no seminário e reforçou que Dom Lessa fortaleceu a sua vocação quando conheceu a espiritualidade da unidade, através do Movimento Focolare.

O Padre Genivaldo Garcia, leu as mensagens do Papa Francisco e do Núncio Apostólica no Brasil, encaminhadas para dom Lessa no dia do seu jubileu de ouro sacerdotal.

Proferiram mensagens para dom Lessa, em nome do Clero, o Padre Jadilson Andrade; pelas religiosas da CRB, a Irmã Teresinha Gilvanira Neris e pelos leigos, a Vice-Presidente do CONAL, Silvia Cruz. Todos dando ênfase a sua vida dedicada a causa da Igreja, sem esquecer os mais necessitados:

“O amor desinteressado para todos e uma predileção pelos pobres, os enfermos e os necessitados, além de dedicação ímpar ao próximo, nos deixa uma verdade de ensinamento e nos encoraja a continuar a obra da redenção aqui na terra”, destacou o Pe. Jadilson.

“Como CRB de Sergipe, manifestamos nossa alegria pelos seus 50 anos de sacerdócio, que é uma vida longa de muitos caminhos percorridos. Nesses caminhos, Dom Lessa se fez presente na vida religiosa consagrada tanto masculina como feminina”, lembrou Irmã Gilvanira Neris.

“Em nome de todos os cristãos leigos e leigas e pela equipe organizadora do seu evento, venho manifestar nossa gratidão e ressaltar o valor inestimável de seu trabalho pela nossa Igreja, sempre acolhendo todo povo de Deus independente da religião”, discursou Silvia Cruz.

Após a celebração da Sana Missa, com a colaboração de amigos, foi servido um coquetel com a participação de membros da banda Joia Rara, que abrilhantaram o momento com músicas de qualidade e todos cantaram os parabéns para o Arcebispo Dom Lessa. A Filarmônica Dom José Palmeira Lessa, da Paroquia Sagrada Família, do Pau Ferro, acolheu aos participantes da celebração com várias canções, na entrada da igreja.

Ao meio dia, o Arcebispo Emérito, Dom Lessa, participou de um almoço com os Bispos. Amigos do Rio de Janeiro, os familiares, os Padre da Arquidiocese de Aracaju e outros con

vidados.

Um pouco da história do Arcebispo Emérito de Aracaju Dom Lessa: 50 anos de Sacerdócio


Arquidiocese 

aracaju

de

Cúria Metropolitana da Arquidiocese de Aracaju

Praça Olímpio Campos, 228, Centro, Aracaju/SE - CEP: 49010-040

E-mail: comunicacao@arquidiocesedearacaju.org / Telefone: (79) 3216-3000