Dom João participa de evento da Cáritas e Natal Ecumênico, em Brasília


Termina nesta quarta-feira, 12, em Brasília, a 94ª Reunião do Conselho Consultivo Nacional da Cáritas Brasileira, organismo presidido por Dom João José Costa, arcebispo metropolitano de Aracaju. O principal objetivo desse encontro, que reúne representantes da instituição em todo o país, é avançar na preparação da Assembleia Geral da Cáritas, agendada para o segundo semestre de 2019.

O Conselho é formado por representações dos 12 regionais e cinco articulações que atuam em áreas como Economia Popular Solidária, Migração e Refúgio, Meio Ambiente Gestão de Risco e Emergências, Criança, Adolescentes e Juventudes, Convivência com os Biomas, entre outros.

Um dos momentos especiais da programação foi a celebração, na segunda-feira, 10, do Natal Ecumênico, com a participação de membros do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (CONIC), além de outras instituições e grupos parceiros da Cáritas.

A cerimônia integra as ações do Projeto 10 Milhões de Estrelas, uma iniciativa permanente da Cáritas Brasileira que se repete a cada ano como gesto concreto e coletivo na perspectiva da consolidação da cultura de paz, da justiça social e de uma espiritualidade historicamente comprometida.

“Belém é o lugar do nascimento de Jesus, mas também foi o lugar da insegurança. Belém é uma cidade que guarda, portanto, a ambiguidade da esperança e da insegurança, porque não havia lugar para eles [a Sagrada Família]. Hoje Belém não é muito diferente, e refletir sobre esse contexto, neste momento do nosso país é desafiador, representa pensarmos também nas ambiguidades da nossa vida enquanto nação. Um país que não perde a esperança, mas que também vive com medos. Vamos celebrar o Natal sem a certeza do que vai acontecer ano que vem”, afirmou a pastora luterana, Romi Bencke durante a celebração do Natal Ecumênico.

Direitos Humanos

Ainda durante a celebração que aconteceu na última segunda-feira (10), a pastora Romi lembrou: “a data que marca a celebração dos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, há dois dias também choramos o assassinato de dois camponeses na Paraíba, Orlando Bernardo, e Rodrigo Celestino. É nesse contexto de nascimento e morte, de justiça e injustiça que nós celebramos a esperança do nascimento de Jesus”, destacou.

A pastora também recordou as vítimas do incêndio na Vila Corbélia, em Curitiba (PR), na última sexta-feira (07). Segundo o Corpo de Bombeiros, cerca de 300 casas foram atingidas.


Arquidiocese 

aracaju

de

Cúria Metropolitana da Arquidiocese de Aracaju

Praça Olímpio Campos, 228, Centro, Aracaju/SE - CEP: 49010-040

E-mail: comunicacao@arquidiocesedearacaju.org / Telefone: (79) 3216-3000