Dom João celebra missa pelos 105 anos do Oratório de Bebé


O Oratório Festivo São João Bosco, mais conhecido por Oratório de Bebé, uma obra que teve a marca inicial da Senhora Bebé, Genésia Fontes, com o apoio da Senhora Áurea Vitória de Amorim. A instituição completou 105 anos e teve, nesta sexta-feira, 16 de agosto, a celebração presidida pelo Arcebispo de Aracaju, Dom João José Costa. A missa foi animada pelas professoras e crianças atendidas pelo Oratório.

Dom João, na homilia, lembrou o esforço da Senhora Bebé para iniciar um trabalho social com as crianças para orientação religiosa e educacional. “As obras de amor e caridade de Bebé permanecerão para sempre no coração, principalmente, do povo sergipano. Este Oratório tem a sua marca de administrar e é, sem dúvida, um obras que se destaca como uma verdadeira expressão de caridade”, afirmou o Arcebispo.

Hoje, o Oratório é administrado pelas Irmãs Ministras dos Enfermos de São Camilo (Camilianas) e dão continuidade ao trabalho da Instituição com o mesmo entusiasmo e mantendo vivo o carisma da Senhora Bebé, que tinha São João Bosco como seu entusiasta e patrono.

A coordenadora da casa das Camilianas em Aracaju, Irmã Elenilza Silva Santos, também ressaltou o perfil corajoso da fundadora do Oratório. “Destaco a coragem de Dona Bebé, que iniciou o trabalho ainda jovem, com 22 anos, pois na época não tinha esse prédio. Ela começou do nada dando aula de catequese em baixo de uma árvore, depois em uma casinha de sapê e, aos pouquinhos, chegou nesta grande obra em benefício das crianças, chamando em seguida as irmãs para dar continuidade”.

A instituição Oratório Festivo São João Busco tem hoje a direção das irmãs Camilianas: Presidência Marisa Inêz Mosena, Vice-presidência Geni De Marco, Secretaria Maria Elenilza Silva Santos, Financeiro Adiles Terezinha Schäfer

História

A senhora Genésia Fontes (Bebé) nasceu no dia 22 de setembro de 1890, na cidade de Riachão do Dantas/Se, filha do casal Sr. Sizino Martins Fontes e Srª. Maria Prima de carvalho Fontes. Família simples, mas que ensinou muitos valores cristãos para Bebé.

As atividades do Oratório Festivo São João Bosco, teve início no dia 16 de agosto de 1914, fundado pela senhora Genésia Fontes, comumente conhecida como “Mãezinha Bebé”. Conhecedora da obra de Dom Bosco, a quem ela tanto admirava.

De início a obra funcionava numa pequena choupana, e após construiu, com auxílio de doações de pessoas da comunidade, a obra social, conhecida hoje como “Oratório de Bebé”. A fundadora em sua ousadia jovial, mesmo impedida por sua família iniciou o trabalho social com crianças e adolescentes carentes, apoiada por uma de suas amigas, a Srª. Áurea Vitória de Amorim, na perspectiva educacional e musical.

Quando já se encontrava com a idade avançada, a Srª. Genésia solicitou auxílio do Bispo de Aracaju, Dom Fernando Gomes para que conseguisse uma congregação religiosa (de Irmãs) que assegurasse a continuidade da Obra, foi como se deu a chegada da Congregação das Irmãs Ministras dos Enfermos de São Camilo (Camilianas). As Irmãs assumiram, com Dona Bebé, o Oratório em 16 de março de 1952.


Arquidiocese 

aracaju

de

Cúria Metropolitana da Arquidiocese de Aracaju

Praça Olímpio Campos, 228, Centro, Aracaju/SE - CEP: 49010-040

E-mail: comunicacao@arquidiocesedearacaju.org / Telefone: (79) 3216-3000