Venezuelanos acolhidos pela Arquidiocese recebem alimentos da Capitania dos Portos


A Arquidiocese de Aracaju continua trabalhando para que os refugiados venezuelanos estejam sempre supridos das mínimas condições de vida. Com esse intuito mantém relações com várias entidades e órgão para atender os refugiados das suas necessidades básicas, o que ocorreu na tarde de ontem, 20 de agosto, conduzindo os venezuelanos até a Capitania dos Postos em Sergipe para receberam alimentos.

Na oportunidade, representando o Arcebispo, estavam o Padre Francisco Nunes, Ricardo Lima, do Conal e Tânia Maia, secretária do Arcebispo. Cada venezuelano recebeu das mãos do Comandante Padão e da Tenente Mariliza uma cesta básica, para dois meses, recheadas de vários produtos alimentícios.

Em janeiro deste ano, chegaram em Sergipe trinta e cinco venezuelanos que estavam em condições precárias no estado de Roraima, em um processo de interiorização dos refugiados apoiado pela Cáritas Brasileiro, que tem Dom João Costa como seu presidente nacional. Vinte venezuelanos ficaram na arquidiocese de Aracaju e dez na Diocese de Propriá recentemente chegaram mais alguns, hoje são 39 venezuelanos em Sergipe, trazidos por este processo.

São oito famílias de venezuelanos que estão acompanhados pela Cáritas de Aracaju e em cada família já tem, pelo menos uma pessoa empregada.


Arquidiocese 

aracaju

de

Cúria Metropolitana da Arquidiocese de Aracaju

Praça Olímpio Campos, 228, Centro, Aracaju/SE - CEP: 49010-040

E-mail: comunicacao@arquidiocesedearacaju.org / Telefone: (79) 3216-3000