8 de setembro é uma data especial para a grande família do Terço dos Homens



A festa da Natividade de Nossa Senhora, neste 8 de setembro, também marca a comemoração do aniversário de nascimento do primeiro grupo de oração do Terço dos Homens, no Brasil. Ele foi criado em 1936, há precisamente 85 anos, na cidade de Itabi-SE, por iniciativa do frei Pelegrino, um religioso franciscano da Ordem dos Frades Menores (OFM). Esse grupo, que se mantém em plena atividade, foi o nascedouro de um apostolado que mobiliza mais de 10 milhões de homens em todo o Brasil. Somente na Arquidiocese de Aracaju existem mais de 300 grupos, espalhados pelas 112 comunidades paroquiais.


Com o objetivo de recordar esse acontecimento histórico na caminhada de fé dos homens do Terço, foi instituído, por meio da Lei 7.237/2011, o Dia Estadual do Terço dos Homens (8/9). O autor do projeto de lei foi o deputado estadual Francisco Gualberto. Em dezembro de 2016, a Assembleia Legislativa aprovou e o governo do Estado sancionou a Lei 8.164 que “declara o Grupo de Oração Terço dos Homens da Cidade de Itabi-SE, como Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado de Sergipe”. Essa lei foi proposta pelo deputado estadual Garibalde Mendonça.


Uma Santa Missa em ação de graças será celebrada nesta quarta-feira, às 19h30, na matriz da paróquia Nossa Senhora de Lourdes (bairro Siqueira Campos, Aracaju), sob a presidência do padre Lucas Pires, assistente eclesiástico do Movimento Arquidiocesano do Terço dos Homens. Antes, às 19h, será recitado o Terço Mariano.