Ação de graças pelo dia do Padre, na Arquidiocese de Aracaju



Com expressiva participação do clero arquidiocesano, a Arquidiocese de Aracaju comemorou, na manhã desta quarta-feira (4), o Dia do Padre, data em que toda Igreja também festeja a memória litúrgica de São Maria Vianney, padroeiro dos sacerdotes. Essa ocasião especial foi marcada com a celebração de uma Santa Missa em ação de graças presidida pelo arcebispo metropolitano, dom João José Costa, no espaço provisório da catedral (rua Propriá, 222). O arcebispo emérito, dom José Palmeira Lessa, também concelebrou.


O padre, disse Dom João, é chamado a viver os grandes desafios do seu ministério com as mesmas virtudes do seu patrono: serviço aos outros, cuidado e compaixão, ministério da reconciliação e da misericórdia, ser pastor da comunidade, sempre a exemplo do bom Pastor, Jesus Cristo, que deu a sua vida pelos outros. São atributos que fazem do sacerdote um membro importante e necessário para a comunidade cristã, enfatizou o arcebispo. “Mesmo que paguemos um preço muito alto por isso, sigamos firmes, sempre unidos, em comunhão de amor”.


Sejamos amigos de Cristo


A celebração do Dia do Padre também se constituiu em ocasião especial para a palavra do

representante dos presbíteros, na Arquidiocese, o padre Jadilson Andrade Santos. Para ele, a missão do sacerdote exige que “sejamos amigos de Cristo, contemplando a sua face e frequentando, docilmente, a escola de Maria Santíssima, mãe e protetora dos sacerdotes, sendo fiéis ministros do altar. Peçamos ao Espírito Santo a graça de sermos perseverantes na vocação que o Senhor nos confiou”.


Segundo o padre Jadilson, “ser sacerdote significa arriscar a vida pelo Senhor e pelos irmãos, carregando na própria carne as alegrias e angústias do povo, dedicando tempo e escuta para curar as feridas dos outros, oferecendo a todos a ternura do Pai”.


Novos sacerdotes


Dois sacerdotes recém-chegados à Arquidiocese foram apresentados durante a cerimônia: o padre Juan Carlos Condor Quispe, religioso da Família dos Discípulos e vigário da paróquia Senhor dos Passos (Maruim-SE), e o padre Roberto Pereira de Souza, que está a serviço da Comunidade Católica Shalom.


Ao final da Santa Missa, houve sorteio de brindes oferecidos pela Rede Cultura de Comunicação, que transmitiu toda celebração.