• Carlos Barbosa 2255/SE

A presença viva da Igreja entre os pobres mais pobres, durante a pandemia

Atualizado: Abr 7



Mesmo com as grandes restrições adotadas para a prevenção e combate à Covid-19, a Igreja não se distanciou da missão de socorrer aos desvalidos, ela não se isolou diante da urgente necessidade de buscar os meios possíveis para assegurar uma sobrevivência digna a um crescente número de famílias duramente impactadas pela pandemia. A Comunidade dos Servos da Trindade, que desenvolve seu trabalho junto à população do bairro Santa Maria, é um dos mais belos e expressivos exemplos da ação caritativa da Igreja, no território da Arquidiocese de Aracaju.


Como resultado de um grande esforço para arrecadação de alimentos, a instituição vem distribuindo, mensalmente, cestas básicas para 150 famílias residentes em comunidades do bairro. Em 2020, em plena pandemia, foram entregues 50 toneladas de alimentos. Boa parte dos itens da cesta vem de uma parceria com o Mesa Brasil Sesc, programa nacional de segurança alimentar e nutricional de combate à fome e ao desperdício de alimentos. São contempladas por essa ação as famílias de crianças já assistidas pelos Servos da Trindade.


Com todos os cuidados sanitários, as cestas são entregues em domicílio, em sete comunidades (algumas em áreas de invasão) que ficam na região do Santa Maria, com significativa concentração de famílias pobres: Jardim Recreio, 17 de Março, Suvaco da Gata, Açude, Ponta da Asa, Beco do Cachorro e Conjunto Padre Pedro.


Além da distribuição das cestas, também são realizados, uma vez por semana, curativos específicos de ferimentos.


Uma obra de grande amplitude


A missão dessa obra de Deus não se limita à distribuição de alimentos e aos cuidados de pessoas com ferimentos. A realidade de pandemia obrigou a Comunidade a suspender diversos outros serviços que vinham contemplando 110 crianças e adolescentes, e seus familiares, como atendimentos médico e odontológico, reforço escolar, formação humanitária e oficinas de música, violão e dança.


Materialização do carisma


Josefa Eunice de Souza Aguiar, que está respondendo, provisoriamente, pela coordenação da Comunidade Católica Servos e Servas da Santíssima Trindade, observa que essas e várias outras ações são a materialização do carisma da instituição, fundada há 31 anos pela leiga Maria Lúcia: “cuidar dos pobres mais pobres, pequenos, feridos e excluídos da sociedade, numa missão de solidariedade e evangelização, levando-os a descobrirem que Deus é Pai que ama e cuida deles e este AMOR conduz ao resgate da dignidade humana e da cidadania de todos”.


A instituição, enfatiza Eunice, se define como um grupo consagrado de Espiritualidade Trinitária constituído por jovens e adultos, solteiros, casados e viúvas que ofertam a vida livremente para dedicar-se ao serviço de cuidar dos pobres mais pobres.


COMO AJUDAR


Para doações em dinheiro:

Banco Banese

Agência 035

Conta Corrente 03.100.660-7


Doações de alimentos, remédio e outros

Rua B04, 267 Conjunto Antônio Carlos Valadares – Bairro Santa Maria, Aracaju-SE


Contato:

(79) 3248-0806 / 8770


Fotos cedidas pela Comunidade dos Servos e Servas da Santíssima Trindade