A Rede Cultura de Comunicação e o Mês da Bíblia



Queridos irmãos e irmãs, ao iniciar o mês de setembro, vem-nos à mente a Palavra de Deus, pois setembro é o mês da Bíblia. O Evangelho, a Boa Notícia propagada por Jesus, sob a forma de pregação, para instaurar o Reino de Amor e de Paz, é o centro de Toda a Escritura Sagrada. Pelo Evangelho, que é sempre a Boa Nova anunciada, testemunhada e vivida pelos Discípulos do Senhor, entramos em estreita comunhão com Jesus de Nazaré, o Filho de Deus.


A ideia de tornar setembro o mês da Bíblia se deve ao fato de, no dia 30, celebramos São Jerônimo, o Tradutor da Bíblia, do Hebraico para o Latim vulgar, popular, a fim de que as pessoas mais humildes, pudessem ler e compreender a Riqueza de Graças que está contida na Palavra Escrita. Daí o Nome Vulgata, popular, do povo!


Associada a essa ideia está a importância de meditarmos nas Sagradas Páginas, para extrairmos delas a sabedoria necessária à boa vivência da fé, no testemunho fraterno, no convívio harmonioso e solidário com todos, especialmente com os que mais necessitam. Viver o mês da Bíblia é devotarmo-nos à Palavra de Deus, tornando-nos íntimos dela, estabelecendo um vínculo de amor, de adoração, de reverência à Palavra Santa.


Ninguém conhece a Palavra, se não houver quem a anuncie, vai nos lembrar o Apóstolo dos gentios, São Paulo. Assim, para que os sergipanos e, agora com maior força ainda, os internautas todos tenham acesso à Palavra de Deus meditada, refletida, aprofundada, com uma mensagem atualizada, a Rede Cultura de Comunicação, nascida unicamente para o anúncio da Palavra Santa, coloca-se à disposição da Igreja de Cristo, na Arquidiocese de Aracaju, para se prestar a esse grande serviço de amor, que é levar a todos os corações a seiva do Evangelho da Vida e da Paz.


Desse modo, fortalecer a Rede Cultura de Comunicação, dando-lhe as condições necessárias ao bom anúncio, é também evangelizar. São Jerônimo já dizia: “Ignorar as Escrituras é ignorar o próprio Cristo”. E isto porque Cristo é a Palavra de Deus encarnada, tornada carne humana, a fim de que os humanos pudessem compreendê-lo, amá-lo e segui-lo. Ao se tornar, pois, anunciadora exclusiva da Palavra de Deus, a Rede Cultura de Comunicação deseja estabelecer entre seus interlocutores, ouvintes, telespectadores, leitores e internautas um pacto de amor com Deus, por meio de sua Palavra Santa.


Quero, desse modo, expressar a Deus a gratidão pelo nascimento, pela manutenção e pelo futuro destes instrumentos eficazes de evangelização, certo de estarmos diante de algo mais significativo do que qualquer paróquia ou centro de evangelização, já que a Rede Cultura está no ar em tempo integral, levando a todos a Alegre e Vibrante Notícia do Reino de Amor de Justiça.


Que Deus nos abençoe e que todos tenham uma excelente experiência com a Palavra proclamada, amada, testemunhada e amplamente vivenciada, durante toda a vida, mas especialmente, neste mês de setembro, quando a Carta aos Gálatas nos convida a ser um só coração e uma só alma. Deus nos abençoe!


Pe. Marcelo Conceição é diretor executivo da Rede Cultura de Comunicação e pároco da paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Conjunto Orlando Dantas, Aracaju)