Aracaju e Macambira celebram São Francisco de Assis



Nas festividades alusivas a São Francisco de Assis, na última segunda, 4, as comunidades do bairro Santos Dumont, em Aracaju, e da cidade de Macambira, distante 74km da capital, celebraram o seu padroeiro, São Francisco de Assis. Nas programações, santas missas, carreatas e louvores.


Os macambirenses participaram, logo pela manhã, da celebração eucarística, presidida por Dom João José Costa, arcebispo de Aracaju. A Santa Missa foi concelebrada por sacerdotes da arquidiocese, principalmente do vicariato São Lucas, que corresponde a região do agreste sergipano.


Dom João, antes da santa missa, concedeu entrevista à Rádio Cultura de Sergipe e falou da alegria em participar das celebrações ao santo que, segundo ele, é uma grande inspiração para todos os católicos. “Vir a esta cidade é algo extremamente significativo. Celebrar o padroeiro é sempre uma boa oportunidade de nos introduzir, ainda mais, na experiência de fé que ele mesmo vivenciou”, destacou o metropolita.


O padre Paulo Moura, pároco da cidade, destacou a alegria em acolher a comunidade e os irmãos no sacerdócio para mais um ano de festividades. “Fico muito feliz em ver essa assembleia tão repleta de filhos de São Francisco, que disseram sim ao chamado de Deus. Assim como o nosso padroeiro, que não hesitou em acolher a missão que o Senhor reservou para ele. Minha gratidão a todos”, externou o sacerdote.


Já em Aracaju, o bairro Santos Dumont iniciou as celebrações do dia festivo com alvorada festiva. Logo depois, o povo de Deus participou da Missa dos Devotos. Neste ano, o novenário trouxe como tema “O santo pobre, obediente ao Evangelho e filho da Igreja”.


A noite, o Pe. Eugênio dos Santos, vigário episcopal do vicariato São Marcos e pároco do bairro Lamarão, presidiu a Santa Missa solene, que foi concelebrada pelo Pe. José Soares e pelo Pe. Anderson Gomes, do bairro Industrial. A festa foi encerrada com uma carreata que passou pelas principais ruas do bairro.


Fotos: Pascom