ENTREVISTA – Pe. Francisco Tiery: Abramos o nosso coração a Nossa Senhora, sem medo e sem reservas!



O padre Francisco Tiery Santos Andrade, ICMS., é um dos três sacerdotes religiosos que o Instituto dos Servos do Coração Imaculado de Maria colocou à disposição da Arquidiocese de Aracaju, mais precisamente na paróquia Coração Imaculado de Maria (povoado Gameleira, zona de expansão). Natural de Rosário do Catete-SE, prestes a completar 38 anos de idade e oito de ordenação presbiteral, ele nos fala sobre sua caminhada vocacional, a Obra Nossa Senhora de Fátima e a preciosidade de uma espiritualidade que tem suas raízes nas Aparições de Nossa Senhora em Fátima.


Em que momento de sua vida sentiu o chamado para abraçar o ministério sacerdotal? O que foi determinante para dizer sim?


Em meados de 2003, ao encontrar um sacerdote, membro do Instituto dos Servos do Coração Imaculado de Maria, que atuou como pároco em minha cidade, Rosário do Catete, fiquei fascinado ao ver a seriedade com que ele celebrava, o amor pela Eucaristia, a devoção a Nossa Senhora, o amor pelo hábito religioso, foram fazendo brotar em meu coração o desejo de me tornar sacerdote. Antes, jamais pensei em ser sacerdote. Conduzia uma vida normal, como qualquer outro jovem. Contudo, fora determinante as palavras deste sacerdote na noite de 29 de maio de 2003, ao falar que existem duas portas abertas – Matrimônio e Sacerdócio – e para ouvir a “Voz” de Deus é preciso ter o coração puro, pois na impureza não ouvimos a Deus. Isso foi determinante. Daí começou o período de discernimento, durante um ano e meio. Não foi fácil, pois queria “minha vida”, não queria renunciar à família, amizades, namorada, trabalho. Foram dias difíceis. Mas, por fim, Jesus venceu. Aquele sacerdote me ajudou a enxergar a beleza de ser Religioso, Sacerdote Religioso, vestir hábito e viver a radicalidade de Cristo nos Servos do Coração Imaculado de Maria.


Como foi constituída a sua caminhada formativa para o Sacerdócio?


Ingressei dia 03 de janeiro de 2005, na atual Obra Nossa Senhora de Fátima, em Aracaju, onde permaneci em experiência vocacional por oito meses. Em seguida, viajei para a Itália e comecei a Filosofia (2 anos). Posteriormente, fui para o Noviciado, na Toscana (1 ano). Retornei para Roma e concluí Teologia na Universidade Regina Apostolorum, regida pelos Legionários de Cristo (3 anos). O período formativo prevê um ano de experiência pastoral. Daí segui para a Sicília, onde estive por um ano. Logo após a experiência vocacional, retornei a Roma para a Profissão Perpétua. Em 2013, comecei o Mestrado em Teologia Espiritual, na Universidade Pontifícia Opus Dei, e o concluí em junho de 2014. Fui ordenado Diácono no dia 29 de junho de 2013, em Roma, e Sacerdote, em Rosário do Catete-SE, dia 11 de outubro de 2014.


Qual é a relação dos Servos do Coração Imaculado de Maria com as Aparições de Nossa Senhora de Fátima?


Nossa espiritualidade haure sua linfa vital e afunda suas raízes nas Aparições de Nossa Senhora em Fátima. Nossa missão, portanto, é viver e transmitir esta mensagem tão profunda, que nos conduz a uma vida verdadeiramente cristã, autêntica. Fátima, remete ao Evangelho. Em sua suma, é um renovado e reiterado convite à conversão, à reparação, à vida de oração, ao amor a Deus; um apelo ao homem para que não se perca, não ofenda a Deus “que já é tão ofendido”, mas volva seu olhar ao Céu. Nosso lema se encerra nas seguintes palavras “Por meio do Meu Imaculado Coração levai Cristo ao mundo”. Nossas finalidades se realizam em cinco pontos essenciais: renovado espírito de oração, privilegiando o Santo Terço; vida sacramental: especialmente confissão e Eucaristia; conduzir as almas à consagração ao Coração Imaculado de Maria; defesa das verdades de fé (a doutrina católica na sua totalidade); fidelidade ao Santo Padre e ao seu Magistério. Através destas finalidades conduzimos nosso apostolado nas dioceses, que se verifica no auxílio à Igreja local, amizade sacerdotal e serviço nas paróquias, trabalho com os jovens por meio do Oratório, missões marianas, divulgação em massa da mensagem de Fátima e da doutrina católica através dos meios de comunicação.

A mensagem de Fátima é sempre atual, e hoje mais que nunca! Os desastres, as consequências provocadas pelo egoísmo do homem, pelo pecado, suplicam reparação. Somos convidados a “refazer”, reparar, através da oração e da penitência, esta comunhão quebrada e sermos canais da misericórdia de Deus.


Quais os objetivos da Obra Nossa Senhora de Fátima, esse fecundo centro de espiritualidade cristã.


Nossa Senhora deseja conduzir filhos ao Céu. Nossa Obra deseja contribuir aos desígnios de amor da Mãezinha Celeste. Enxergamos e desejamos cultivar o homem de forma integral, corpo e alma, a pessoa humana. Tanto o alimento espiritual (Santas Missas, Confissões, Direção espiritual, Procissões, Adoração, etc.), o alimento material (cestas básicas e todo tipo de auxílio elementar às famílias), como o alimento moral (através das oficinas no oratório) compõem o trabalho ofertado na nossa obra. Em especial, trabalhamos com as famílias, dedicando todo primeiro domingo do mês a esse apostolado. Em média 60 casais participam (já chegamos a mais de 90 casais) da “Jornada de santificação das famílias” (com participação de casais de diversas cidades de Sergipe e outros estados), um projeto que mira a acompanhar as famílias a partir de três pilares: Eucaristia, Devoção Maria e Sagrada Escritura. É uma “terapia matrimonial”. Além disso, todos os sábados acolhemos cerca de 100 jovens, entre meninos e meninas, que recebem catequese cristã e profissional, conhecem a vida dos Santos e são conduzidos a tecerem laços de família. Como dizíamos focamos no desenvolvimento integral do ser humano. Antes de formar o santo, formar o homem, depois o cristão, só então o santo. Atualmente, temos oito rapazes e oito moças em discernimento vocacional.


Uma mensagem de esperança para o povo de Deus


Abramos o nosso coração a Nossa Senhora, sem medo e sem reservas! Nossa esperança está alicerçada em Deus. Como nos ensina São Paulo, nada poderá nos separar do amor de Deus, nada. Alimentemos nossa fé e confiemos em Deus. Nossa Senhora é caminho e refúgio até Ele.