• Carlos Barbosa 2255/SE

Informações sobre a saúde de padres em tratamento contra a Covid-19



O arcebispo metropolitano de Aracaju, dom João José Costa, vem acompanhando de perto o estado de saúde dos padres e diáconos da Arquidiocese acometidos pela Covid-19, e torna a conclamar o povo de Deus a intensificar suas orações. Dos três sacerdotes infectados dois permanecem hospitalizados.


Compartilhamos as informações mais recentes, colhidas junto aos hospitais e confirmadas por dois dos padres enfermos:


Padre Valdes Aparecido, pároco da paróquia Nossa Senhora do Santíssimo Sacramento (Conjunto Leite Neto, Aracaju)


O padre Valdes continua apresentando boa evolução no quadro geral. Ontem (10), a médica assistente do caso percebeu uma secreção pulmonar, porém relata ser normal devido ao tempo de intubação. Além disso, houve uma alteração nos batimentos cardíacos e na pressão arterial, provavelmente devido à redução das doses dos sedativos e por ele estar um pouco ansioso. A médica também relata que o sacerdote apresentou um pico de febre, mas que sua causa já está em investigação. O padre Valdes está sendo cuidado para que acorde mais tranquilo.


Padre Djavan Ribeiro, pároco da paróquia Santa Cruz e Sagrado Coração de Jesus (Carira-SE)


Internado no Hospital São Lucas, em Aracaju, desde sábado (8), o padre Djavan vem respondendo bem ao tratamento, sem necessidade de oxigênio suplementar. Em uma mensagem compartilhada pelas redes sociais, na tarde desta terça-feira (11), o padre Djavan afirma: “Estou melhor! Graças a Deus! Estou em observação por conta de alguns sinais de febre. Obrigado a todos pelas orações! Deus seja louvado e glorificado, sempre”!


Padre Flávio Eduardo, vigário da paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Conjunto Orlando Dantas, Aracaju)


O padre Flávio Eduardo foi diagnosticado há oito dias com a Covid-19, apresenta sintomas moderados, sem necessidade de internação. Um exame de raio-x, realizado nesta semana, identificou um comprometimento de pouco mais de 20% dos pulmões.