O emocionante Musical da Paixão começa às 19h, no Parque da Sementeira



Começam às 19h desta Sexta-feira Santa, 15 de abril, no Parque da Sementeira, em Aracaju, as grandes emoções do imperdível Musical da Paixão, evento organizado pela Rede Cultura de Comunicação, em parceria com a Arquidiocese. Oito talentos da música católica em Sergipe vão se apresentar durante a encenação da Paixão de Cristo (Via Sacra).


Está confirmada a participação dos cantores Carina Lelis, Cleverton Brito, Ewerton Melo, Luanna Fraga, Marcos Simões, Rosilene Sousa, Thiago Barbosa e Verlayne Calieri.


Nos últimos dois anos, o Musical foi apresentado na paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (2020) e na Catedral de Aracaju (2021) sem a presença de público, devido às restrições impostas pela pandemia. O evento de hoje é totalmente presencial e com transmissão pela Rádio Cultura AM 670, site e aplicativo “Sou Mais Cultura” e ainda pela Cultura TV na internet. A entrada é gratuita.


Um breve perfil de outros três cantores que confirmaram participação:


Marcos Simões


Natural de Estância, Marcos Simões também é jornalista e diretor de programação da Rádio Cultura de Sergipe. Começou cantar na Igreja aos três anos de idade. Em Aracaju, participou do coral infantil Anjos do Céu, que chegou a gravar o CD. Há 8 anos, faz parte da banda Comunidade que Canta e se tornou um dos profissionais mais requisitados para cantar em matrimônios.


Luanna Fraga


O ponto de partida da trajetória de Luanna Fraga, na música católica, foi uma apresentação, na escola em que estudava, da música “Amar como Jesus amou (Padre Zezinho). Ela tinha apenas 5 anos de idade. Aperfeiçoando-se cada vez mais e fazendo da música uma missão, Luanna contribuiu com a paróquia Menino Deus (Colônia Miranda, São Cristóvão-SE), sua comunidade de origem. Seu talento ganhou maior visibilidade quando a Missa da Saúde era celebrada na Catedral Metropolitana.


Thiago Barbosa


O troféu de campeão do Festival de Música Cultura (Femusc, edição 2021) é uma demonstração do profissionalismo e, sobretudo, do grande amor de Thiago pela música católica. Por meio da canção “Eu Sou”, vencedora do Femusc, ele expressa profunda gratidão a Deus pela graça da conversão, pelo privilégio de ter se tornado um homem devotado à obra do Senhor. Atualmente, os seus dons são colocados à disposição da paróquia São José (Bairro São José).