Padre Everson Fontes interrompe estudos na Espanha e retorna ao Brasil



A preocupante realidade pandemia, na grande maioria dos países europeus, e a dificuldade de adaptação em terras estrangeiras foram algumas das razões que levaram o padre Everson Fontes Fonseca, presbítero da Arquidiocese de Aracaju, a interromper seus estudos na Espanha e retornar ao Brasil. Por solicitação da nossa Arquidiocese, ele havia sido enviado à Europa para ampliar os seus conhecimentos teológicos. Desde o final de 2020, padre Everson vinha desenvolvendo o seu ministério na diocese de Valência (Espanha). Antes de viajar, o sacerdote foi pároco da paróquia Nossa Senhora da Conceição, no Mosqueiro, em Aracaju.


Numa breve carta dirigida aos amigos, neste domingo (21), ele explicita todos os motivos da sua decisão.


Leia, na íntegra:


Valência, 21 de março de 2021.


Caros amigos,


A nossa vida é composta de várias experiências que fazemos no seu decorrer. Cada uma delas é ocasião única e distinta para amadurecermos como pessoa e nas ideias, inclusive. Porém, cada um de nós é chamado a fazer a sua própria experiência, sempre à luz da divina graça, ou seja: no bem, na verdade e na justiça.


Há poucos meses, por solicitação da minha Arquidiocese de Aracaju, fui enviado à Espanha para estudar, ampliando os meus conhecimentos teológicos. Entretanto, não me acostumando em terras estrangeiras, preocupado com a minha família e a pandemia que ameaça nossos lares, em franco diálogo com o meu Arcebispo e com o meu Diretor Espiritual, percebi que seria melhor voltar ao meu País e ao convívio dos meus, retomando o meu apostolado na minha Igreja particular de Aracaju. Honestamente, a vinda para outros rincões não foi vã, pois pude refletir também acerca de quem sou e dos meus limites. Hoje, voltando para o Brasil, reconheço a graça dada por Deus de mergulhar mais em mim mesmo e, de certa maneira, no mistério do amor divino, pôr-me novamente em Suas mãos, quão barquinho em meio ao oceano. Também sou grato de ter conhecido corações que cuidaram de mim e me deram atenção, tornando-se meus amigos. Sou-lhes grato!


Peço que rezem por mim e por minha missão sacerdotal. Que eu, na sinceridade do meu coração e na inteireza do meu ser, corresponda ao grande amor-eleição que o Cristo Bom Pastor me tem, ainda que eu seja indigno. Que, diante Dele, eu sempre humilhe a minha cabeça, tal como inspira o lema do meu ministério.


Afetuosamente em Cristo Jesus,


Padre Everson Fontes Fonseca