Padre José Fernandes, novo presbítero da Arquidiocese de Aracaju



A Arquidiocese de Aracaju vivenciou, nesta sexta-feira (18), a graça especial da Ordenação de um novo sacerdote. Pela imposição das mãos e a prece do arcebispo metropolitano, dom João José Costa, o diácono transitório José Fernandes Dórea do Nascimento recebeu o segundo grau do ministério da Ordem (presbiteral). Concelebrada pelo padre Humberto da Silva, administrador da diocese de Estância, e por expressivo número de sacerdotes, a cerimônia foi realizada na igreja matriz da paróquia Senhor do Bomfim (Bairro Rosa Elze, São Cristóvão-SE), comunidade paroquial onde Fernandes nasceu e fecundou seu desejo de abraçar o sacerdócio.


Mergulhe na messe do Senhor


Na homilia, o arcebispo dirigiu ao padre José Fernandes preciosas orientações para um exitoso pastoreio: “Mergulhe na messe do Senhor, aplaine, a cada dia, o seu modo de caminhar, seguindo sempre em frente, vencendo barreiras, lado a lado com os irmãos e irmãs que, muitas vezes, poderão se achar em dificuldades espirituais e temporais. Não lhe aponte o dedo. Ao contrário, estenda-lhes a mão. Percorra as periferias geográficas e existenciais, onde pessoas sofrem e esperam um lenitivo, como nos ensina o Papa Francisco.”


Servir com amor e pela afirmação do amor


Na admoestação ao novo presbítero, dom João também lembrou que “o Senhor Jesus lhe deu o exemplo para que, assim como Ele o fez, você também o faça: servir sem obstáculos, servir sem desânimo, servir com amor e pela afirmação do amor”. O arcebispo aconselhou ainda ao neo sacerdote no sentido de “transmitir a Palavra de Deus a todos que estiverem ao seu alcance. Antes de tudo, porém, viva a Palavra do Deus Uno e Trino. Do Deus vivo. E único. Meditando nas leis do Senhor, procure crer no que leu, ensinar o que crê e praticar o que ensinar”.


Longa e sólida preparação para o sacerdócio


O novo presbítero começou sua longa jornada de preparação para o sacerdócio há nove anos. Além das graduações em Filosofia e Teologia, obtidas no Seminário Maior Nossa Senhora da Conceição, ele acumula a aprendizagem das atividades pastorais desenvolvidas em várias comunidades paroquiais da Arquidiocese. Após a conclusão do processo formativo ele foi encaminhado para a paróquia Nossa Senhora do Carmo, em Itabaiana-SE. Seus vínculos com essa comunidade e com o Seminário Menor foram mantidos após sua Ordenação Diaconal, em setembro de 2021.


Palavra de gratidão


O padre José Fernandes manifestou um agradecimento especial à todas as pessoas –

familiares, sacerdotes, religiosos e amigos -, que, de alguma forma, contribuíram em sua caminhada vocacional. Ele lembrou que o seu encaminhamento para o Seminário foi feito pelo padre Antônio da Cunha, pároco da paróquia Santa Rita de Cássia. Também dirigiu uma palavra de gratidão ao arcebispo metropolitano, pela confiança e acolhimento; e ao arcebispo emérito Dom José Palmeira Lessa, que o acolheu no seminário. “Meu muito obrigado pela paternidade e todo o cuidado que teve e tem conosco”.


Primeira missão como ministro ordenado


O novo presbítero vai exercer o ofício de vigário da paróquia Nossa Senhora do Carmo (Itabaiana-SE) e também de professor do Seminário Arquidiocesano Sagrado de Coração (Propedêutico).


A cerimônia de Ordenação Presbiteral foi enriquecida com a presença de familiares do padre Fernandes, dezenas de paroquianos e várias autoridades, entre as quais o prefeito de São Cristóvão-SE, Marcos Santana.


Fotos: Priscila Jesus Fotografia - (79) 99129-5791