• Carlos Barbosa 2255/SE

Paróquia Nossa Senhora da Purificação celebra 208 anos de criação



Dois grandes acontecimentos pontuam o mês de fevereiro na paróquia de Nossa Senhora da Purificação, em Capela-SE: a festa em honra de sua excelsa padroeira (2/2), e o aniversário de criação desta que é uma das mais antigas comunidades paroquiais da Arquidiocese de Aracaju. Ela foi criada há 208 anos, mais precisamente em 19 de fevereiro de 1813 por dom Frei José de Santa Escolástica Álvares Pereira, 13º arcebispo da Bahia (1804-1814).


O seu primeiro vigário foi o padre Gratuliano José da Silva Porto, um filho da terra. Localizada no Vicariato São João (Forania Virgem), a paróquia está sob os cuidados do padre Aécio Cruz, pároco.


O livro Província Eclesiástica de Aracaju (2012), da Maria Eleonôra de Jesus Morais (Irmã Morais), informa que "o município recebeu o nome Capela devido ao fato de a povoação ter nascido na localidade chamada Tabuleiro da Cruz, onde foi construída uma capela em homenagem a Nossa Senhora da Purificação".


O templo começou a ser construído a partir de 1735 com o donativo de cem mil reis, oferecido pelo Capitão Luís de Andrade Pacheco e sua esposa Perpétua de Matos França. Historiadores acreditam que, por volta de 1808, nos arredores da capelinha de Nossa Senhora da Purificação viviam cerca de quatro mil pessoas. A capela foi erguida em frente ao cruzeiro. Daí o nome do lugar chamar-se Tabuleiro da Cruz, pois o local era um planalto de pouca elevação onde estava plantado um grande cruzeiro. Em volta da capela surgiram as primeiras casas em terrenos também doados por Luís Pacheco.


Em 1824, a capelinha que deu origem ao município foi destruída, dando início a construção da atual igreja matriz.


Em 19 de fevereiro de 1835, a povoação se torna Vila, desmembrada de Santo Amaro das Brotas-SE.


Já aos 28 de agosto de 1888, a vila se torna cidade e passa a ser chamada apenas de Capela.








Padroeira: Nossa Senhora da Purificação.

Endereço: Praça Cônego José da Mata Cabral, nº 6 – Centro.