top of page

Profundo pesar pelo falecimento de João de Deus, um dos fundadores do MCC


A Arquidiocese de Aracaju recebeu com profundo pesar a notícia do falecimento de João de Deus Souza, ex-professor do Seminário Propedêutico e do Seminário Maior Nossa Senhora da Conceição. 


Ele tinha 80 anos de idade. Ontem, 18, sofreu um acidente doméstico e foi levado a um hospital de Aracaju. Sua morte ocorreu na manhã desta quinta-feira, 19, e foi atribuída a um Acidente Vascular Cerebral (AVC).


O corpo está sendo transladado para o povoado Zanguê (Itabaiana-SE), onde será sepultado nesta sexta-feira, 20, às 17h. 


João de Deus, que também era advogado, foi um dos fundadores do Movimento de Cursilhos de Cristandade, na Arquidiocese de Aracaju. 


Ele deixa a esposa, Dona Lusa Mabel (também ex-professora do Seminário Maior), e dois filhos.


Uma nota de pesar divulgada pelo MCC do Regional Nordeste 3 o classifica como um "grande missionário da Igreja e do Movimento de Cursilhos de Cristandade, impulsionador valioso da Obra MCC em nosso Estado e além fronteiras".


A coordenação do MCC da Arquidiocese também divulgou uma nota de condolências.


Em oração, o administrador apostólico, dom Vítor Agnaldo de Menezes, se solidariza com os familiares e amigos. Que o bom Deus acolha o professor João de Deus Souza na luz de sua face e lhe conceda, no dia da ressurreição, a plenitude da vida.


bottom of page