Profundo pesar pelo falecimento do padre João Bosco Lima



A Arquidiocese de Aracaju acaba de receber, com profunda tristeza, a notícia do falecimento do padre João Bosco Lima, na manhã deste sábado (24), nos Estados Unidos, onde residia. Ele tinha 69 anos, e não resistiu a um câncer no intestino, contra o qual vinha lutando há vários anos. O sepultamento ocorrerá hoje à tarde, em solo americano. No dia 30 de maio deste ano, o padre Bosco completou 29 anos de sacerdócio.


Antes de mudar-se para os Estados Unidos, por motivo de saúde, o padre Bosco Lima exerceu o seu ministério como vigário da paróquia Nossa Senhora do Carmo, em Itabaiana-SE. A expressiva contribuição do sacerdote nas ações evangelizadoras da Arquidiocese de Aracaju tem o reconhecimento de todos.


A Missa de sétimo dia ocorrerá na sexta-feira, 30 de julho, às 19h30, na matriz da paróquia Nossa Senhora Rosa Mística, no Conjunto Marcos Freire 3, comunidade paroquial onde o padre Bosco foi pároco.


Em oração, o arcebispo metropolitano de Aracaju, dom João José Costa, expressa solidariedade à família do padre João Bosco. “Unimo-nos em oração pelo descanso de sua alma. Que nosso Deus misericordioso conforte todos os familiares e traga a fortaleza necessária para transformar a dor em esperança”, disse o prelado.